Fone: +55 11 3031 0980|E-mail: contato@fitbank.com.br

Se o comércio eletrônico já sinalizava ser uma tendência irreversível, por razões conjunturais se tornou o protagonista nas transações comerciais mundo afora.

A pandemia de coronavírus colocou a maior parte das pessoas em casa, e boa parte das aquisições passou a se dar no ambiente digital.

Até os supermercados – que puderam continuar abertos – registraram aumento de mais de 80% em vendas fechadas pela internet, de acordo com a Associação Paulista de Supermercados (Apas).

Profissionais cujos negócios se resumiam às dependências físicas precisaram inovar para continuar no mercado – e a criação de lojas virtuais acabou se tornando inevitável, quer seja na forma de e-commerce, quer seja na forma de marketplace.

Nesta hora, surge a dúvida: como garantir que o cliente feche o negócio e complete a compra, ali mesmo, com rapidez e segurança?

A melhor resposta seguramente é: com o próprio sistema de gestão de meios de pagamento.

Com uma plataforma própria de gerenciamento de compras, vendas e recebimento, o empreendedor tem menos preocupação com fraudes, desistências, inconsistência de dados e falhas na finalização da venda.

As líderes no e-commerce já dispõem de modelos assim há muito tempo – o cliente enche o “carrinho”, informa os dados, paga por meio de cartões, boletos, milhas ou outra forma de pagamento e – pronto – é só esperar a entrega.

No entanto, pequenas marcas e até comerciantes autônomos começaram a perceber que esta facilidade não precisava ser um luxo das grandes.

Um bom sistema de gestão de meios de pagamento pode custar pouco, principalmente quando comparado aos ganhos reais que a empresa passa a ter e, principalmente, às perdas que ela deixa de auferir.

Vamos conhecer as principais vantagens:

1. Ar profissional – Na internet, qualquer sinal de amadorismo é prontamente banido pelo usuário, cada vez mais atento a conteúdos de qualidade e a sites que vendem produtos enganosos.
Nesse sentido, um portal de vendas que não disponha de um sistema de gestão de pagamentos soa amador, fraudulento. Ou seja, a adoção de um próprio sistema, integrada ao ERP, dá ares profissionais ao negócio.

2. Checkout na própria página – Essa é uma das principais vantagens. Todo mundo que usa a internet sabe que a atenção nunca está direcionada a uma coisa só.
Várias abas abertas, publicidades e notificações competem tempo e atenção do usuário.

Se o comprador precisa migrar de ambiente para completar a compra, as chances de desistência aumentam e o índice de conclusão da aquisição despenca até pela metade. O checkout na própria página incentiva a conclusão da compra.

3. Rapidez – Ninguém deveria comprar por impulso, mas hoje já se sabe que as aquisições feitas em ambientes digitais não levam em conta tantos fatores como nas compras presenciais. Mesmo que o hábito de “dar uma olhadinha” se mantenha na internet, o tempo empreendido para uma aquisição é menor, sobretudo quando o comprador já sabe o que quer.
Um sistema próprio de gestão de pagamentos torna a venda mais rápida, sobretudo em plataformas em que o usuário só precisa informar os dados uma vez.

4. Versatilidade – Aficionados por cartões, conservadores adeptos do boleto, colecionadores de milhas, clientes de apps de cashback e outros perfis de comprador: ao adotar o próprio sistema de aceite de pagamentos, o empreendedor atende a todos os públicos.
No caso dos cartões, em geral são aceitas todas as bandeiras. Os boletos bancários registrados são emitidos e, não raramente, com taxas mais competitivas.

5. Menos fraudes – Tudo o que vendedores e compradores não precisam, sobretudo em um momento como o que estamos vivendo, é perder tempo resolvendo fraudes: roubo de dados, compras realizadas ou canceladas indevidamente, entre outros entraves.
Os sistemas de gestão de pagamentos atuais são dotados de rigorosas configurações de segurança.
O cliente informa apenas os dados necessários e a privacidade é assegurada de ponta a ponta, por meio de sistemas modernos que adotam dados criptografados.

Se você tem dúvidas de como gerenciar seus recebimentos, o FitBank pode te ajudar.

Com produtos voltados especificamente para quem pretende cuidar do próprio ambiente de pagamentos, a fintech é especializada em prover o cliente de sistemas e recursos adicionais, como o split de pagamentos (divisão entre fornecedores), a antecipação e a conciliação de recebíveis e o suporte em tempo integral.

Se você quer saber mais sobre as soluções do FitBank para o seu negócio, entre em contato com um de nossos consultores em nossos canais de atendimento.

Cel (Whatsapp): 011 97709-1977

comercial@fitbank.com.br

Assine a newsletter do FitBank e fique por dentro das novidades do mercado financeiro e de tecnologia. É rapidinho.