Consulta CIP, a solução para seu marketplace.

Consulta CIP, a solução para seu marketplace.

As transações eletrônicas são uma realidade na rotina financeira de pessoas físicas e jurídicas. Hoje em dia está cada vez mais difícil conceber uma rotina de pagamentos feita exclusivamente “na boca do caixa”. Por isso, também aumentou a procura por serviços de certificação e validação desses procedimentos eletrônicos.

A Câmara Interbancária de Pagamentos (CIP) é uma associação sem fins lucrativos que desde 2001 apresenta soluções financeiras com aval do Banco Central. É um órgão autorizado a processar praticamente todas as transações eletrônicas efetivadas no Brasil e seu principal foco é evitar fraudes e crimes praticados na web, além de garantir agilidade e eficiência aos pagamentos processados fora dos ambientes presenciais. Com o advento das transações eletrônicas, a procura por serviços de certificação e validação desses procedimentos eletrônicos vem aumentando proporcionalmente. Só em 2020, passaram pela CIP mais de 28 bilhões de operações financeiras, 1,3 bilhão de operações eletrônicas e 2,2 bilhões de transações de pagamentos com cartões para estabelecimentos comerciais.

Entre as empresas que se valem de seus 14 serviços, estão instituições financeiras, instituidores de arranjos de pagamento, credenciadores, cartórios, empresas de consórcios e de leasing e cooperativas de crédito. Além disso, a circular 3.815/2016 do Banco Central determina que os marketplaces devem integrar seus sistemas com o da CIP, a fim de garantir a efetividade de todas as transações. Para tanto, o interessado pode se integrar diretamente à CIP, mas os custos com cada operação são incertos nesta modalidade. Uma outra possibilidade é conectar-se a uma instituição de pagamentos habilitada a fazer o comissionamento e o repasse para todos os envolvidos na transação (split) – retirando do marketplace essa incumbência complexa e cuja ausência pode resultar em sanções administrativas.

Ao aderir a uma instituição de soluções de pagamento, o marketplace delega essa gestão à empresa contratada, que passa a se responsabilizar por toda a operação financeira. O marketplace “sai de cena” e não participa do fluxo financeiro: o dinheiro é pago pelo comprador/consumidor e chega à instituição dos recebedores sem qualquer atribuição por parte da loja virtual.

A vantagem?

Menor complexidade nas operações de comissionamento e de repasse, liberando o gestor do marketplace para as atividades ligadas a seus processos e serviços. Outro ponto relevante é a redução de fraudes e custos com a repetição de operações bancárias que tenham sido programadas com dados errados. Ao contratar uma instituição de pagamentos para a Consulta CIP, a conciliação das informações passa a ser de atribuição da contratada.

O FitBank oferece a Consulta CIP como uma de suas soluções para os serviços de pagamento de marketplace e outras empresas estabelecidas em meio virtual. Entre as soluções para marketplaces, além da Consulta CIP, oferece split de pagamentos, transferências peer-to-peer (P2P) e muitos outros serviços.

Entre em contato pelo nosso chatbot ou envie um e-mail para comercial@fitbank.com.br  e entenda como o FitBank ajudará na transformação digital de que seu marketplace precisa.

Banco Central autoriza FitBank a operar como instituição de pagamento.

Banco Central autoriza FitBank a operar como instituição de pagamento.

Desde o início de maio/2021 recebemos permissão do Banco Central do Brasil (BACEN) para operar como instituição de pagamento na modalidade emissor de moeda eletrônica com código 450 e já podemos disponibilizar a nossa tecnologia ao mercado, sem a necessidade de subcontratar transações de terceiros.

“Nos últimos cinco anos trabalhamos focados em conquistar este espaço. Estamos vivenciando já a aceleração do nosso crescimento, quebrando recordes de volume, fechamento de novos clientes e faturamento. Nossa autorização nos permitirá entrar em novos mercados, baratear nossas soluções e melhorar o nível de serviço que entregamos a nossos clientes pela independência tecnológica que ganhamos. Estamos com velocidade total para colocar no ar operações estáveis, confiáveis e baratas. Pode parecer difícil unir alta performance e qualidade com preço baixo, mas a economia da tecnologia em nuvem alia os melhores serviços aos menores preços. Nossa estrutura foi desenvolvida para isso”, explica Otavio Farah, CEO do FitBank.

A autorização do Banco Central vai permitir que os serviços que oferecemos alcancem um novo patamar com a possibilidade de desenvolvermos novas soluções e funcionalidades. Na parte de Banking as a Service, por exemplo, entregaremos mais produtos, como novas opções para PIX, conta para recebimento, além da emissão de boletos diretamente pela própria marca. Operações para mercado de capitais também passam a contar com novas funcionalidades, como conta escrow e outros serviços.

“Ter acesso direto ao Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB), ao Sistema de Pagamentos Instantâneos (SPI) e também as demais câmaras, como a CIP,  é uma credencial muito importante no mercado em que atuamos e coloca a nossa tecnologia para trabalhar conectada diretamente à fonte do ecossistema financeiro nacional. Vamos conseguir elevar o nível de serviços e desenvolver novos produtos extraindo o melhor das capacidades desse ecossistema”, afirma Rodrigo Pina, CPO.

Somada a esta notícia, vale ressaltar o recente aporte de R$ 30 milhões (que contou com a participação de antigos acionistas e da CSU – CARD3), que alavancarão novos investimentos em tecnologias, melhoria dos nossos serviços e desenvolvimento de novas soluções.

“Agora podemos utilizar toda a nossa tecnologia, sem precisar da intermediação de terceiros.  O acesso ao SPB vai proporcionar uma série de novos produtos e soluções que aguardavam essa nova etapa. A aprovação por parte do Banco Central chancela tudo que a gente construiu até agora, não apenas em termos de evolução de nossa operação, que hoje está em R$ 3 bilhões por mês, mas também por critérios de sistemas, controles, tecnologia e escala. Nos preparamos para chegar até aqui. Tudo isso foi pensado e construído lá atrás, desde a criação do FitBank”, comemora Guilherme Meibak, CCO.

Somos 450 e temos a solução ideal para transformar o seu negócio com soluções de Banking as a Service, Core Banking as a Service, Hub de Pagamentos, Mercado de Capitais e demais soluções customizadas para Cash In, Cash Management e Cash Out.

Quer saber mais? Envie um e-mail para contato@fitbank.com.br ou deixe seu contato através do nosso chatbot. 

Assine a newsletter do FitBank e fique por dentro das novidades do mercado financeiro e de tecnologia. É rapidinho.